Sanofi
Prisão de ventre e maternidade

PRISÃO DE VENTRE NA GRAVIDEZ E AMAMENTAÇÃO

Saiba mais sobre prisão de ventre durante a gravidez e a amamentação

A prisão de ventre durante a gravidez é um problema muito comum que pode afetar muitas mulheres grávidas. Pode ocorrer devido a alterações hormonais, à toma de suplementos de ferro ou à compressão do intestino pelo próprio bebé.

• Alterações hormonais, uma vez que durante a gravidez o corpo produz mais hormonas. A progesterona é uma hormona necessária para a gravidez e também funciona como relaxante muscular permitindo que os músculos abdomiais se alonguem criando espaço para o bebé e as condições ideais para a preparação do parto.
• A toma de suplementos de ferro.
• O peso do bebé durante os últimos meses de gravidez pode comprimir os intestinos.
• Por vezes, na gravidez também ocorrem hemorróidas dificultando a evacuação.
A prisão de ventre na gravidez nem sempre pode ser evitada, mas existem medidas que podem ser tomadas, nomeadamente ao nível da alimentação.
Os primeiros meses de uma gravidez pedem muita energia. Por vezes acontece que, após um dia de trabalho cansativo, pode não ter vontade de cozinhar. Rapidamente passa a mandar vir uma piza ou uma refeição pronta a comer, sendo fácil diminuir a quantidade de vegetais ingerida e aumentar a de gorduras saturadas. O problema surge quando a falta de vegetais não é novamente compensada nesse mesmo dia nem nos seguintes.
Devido à falta de vegetais o consumo de fibras pode ser mais baixo do que a quantidade recomendada. Está grávida? Então concentre-se numa dieta saudável, para si própria, para promover o crescimento harmonioso do bebé e para prevenir a prisão de ventre.
Durante a gravidez o seu corpo sofre muitas alterações. Assim, durante a gravidez, levar uma alimentação e um estilo de vida equilibrados ganha especial importância.
• É aconselhado às mulheres grávidas terem uma alimentação rica em fibras, composta por 5 porções de fruta e vegetais por dia, além de alimentos como leguminosas e cereais em todas as refeições. Contudo, é importante que a quantidade de fibras ingerida seja introduzida gradualmente para evitar flatulência.
• Beber líquidos suficientes, pelo menos 1,2 litros por dia.
• Manter-se ativa fazendo caminhadas ou natação desde que não tenha sido contra-indicado pelo seu médico.
• Consulte sempre primeiro o seu médico antes de tomar medicamentos durante a gravidez ou quando estiver a amamentar.
Para o tratamento da prisão de ventre na gravidez, pode utilizar, sob aconselhamento médico, por exemplo Dulcosoft.
• Coma mais vegetais e 2 peças de fruta por dia.
• Prefira gorduras não saturadas como por exemplo o azeite ou frutos de casca rija.
• Não coma peixe cru e/ou fumado como, por exemplo, salmão fumado, fígado, salsichas ou patê de figado, nem consuma álcool em excesso.
• A carne é uma boa fonte de ferro, mas deve ser bem cozinhada.
• Evite situações de stress e descanse (física e mentalmente) o suficiente.
• Faça exercício físico regularmente.
• Tome os suplementos recomendados pelo seu médico.
• Tenha cuidado com a ingestão de produtos gordos como queijo e produtos lácteos gordos.
• Evite comer mais chocolate, bolachas e batatas fritas.
• Beba água suficiente porque durante a gravidez o seu corpo tem mais necessidade de líquidos.

Na entrevista sobre prisão de ventre o Dr. Pedro Norton fala sobre a prisão de ventre na gravidez e amamentação. Caso tenha questões que queira ver esclarecidas também pode visitar a página dulcolax.pt ou entrar em contacto com a redação de alivioprisaodeventre.pt.

Está prestes a sair do website Alivioprisaodeventre. Ao clicar no botão ”Ok” será direcionado para outro website onde os termos e condições podem ser diferentes das do website Alivioprisaodeventre. Deseja continuar?